Não tem cadastro? Clique aqui!

Já tem cadastro? Entre aqui

  • BUSCAR
Busca avançada de vagas

Limpar campos

Professor de dança

O PROFESSOR DE DANÇA concebe e concretiza projeto cênico em dança, realizando montagens de obras coreográficas; executa apresentações públicas de dança e, para tanto, prepara o corpo, pesquisa movimentos, gestos, dança, e ensaia coreografias.

+ ver mais

No momento não temos vagas disponíveis para esta profissão.

Realize uma nova busca ou navegue pelas áreas de atuação abaixo.

Professor de dança

Sinônimos:

  • Professor de dança de salão

O professor de dança é o profissional que leciona as diferentes modalidades de dança, aliando as práticas pedagógicas à arte. O professor de dança está apto para elaborar, coordenar e criar e ensaiar coreografias, apresentações, musicais e performances, conciliando seu trabalho com o de outros profissionais do meio artístico (maquiadores, figurinistas, músicos etc.) para viabilizar a execução de espetáculos públicos. O profissional necessita preparar o seu corpo para a realização de movimentos que requerem condicionamento físico. Pode ainda atuar como intérprete em grupos profissionais ou como pesquisador, criando novas técnicas, movimentos e gestos.

 

Graduação necessária

 

Para atuar como Professor de Dança, não é exigida uma escolaridade determinada. Embora muitos profissionais atuantes no mercado não possuam um diploma específico, a tendência no mundo artístico da profissionalização vem se consolidando aos poucos. Por isso, recomenda-se que o profissional tenha um curso superior, que pode ser de bacharelado ou licenciatura, com duração média de 3 anos. No curso, o aluno entrará em contato com disciplinas como história da dança, ritmo, cenografia, interpretação, cinesiologia e improvisação, além de um estágio supervisionado.

 

Regulamentação da carreira

 

Não há regulamentação da carreira de Professor de Dança.

 

Especializações possíveis

 

O professor de dança pode fazer cursos para se especializar em uma modalidade exclusiva: ballet moderno, sapateado, jazz, hip-hop, dança afro, dança de salão, forró etc.. Esses tipos de cursos geralmente são oferecidos por academias específicas e a duração varia de acordo com o tipo de dança e o nível que se pretende alcançar. Na verdade esses cursos não se restringem exclusivamente aos profissionais de dança, mas são um acréscimo considerável, visto que o professor de dança deve buscar o máximo de experiência.

 

Aptidões desejáveis

 

O professor de dança deve ser disciplinado, proativo, perceptivo, responsável e pontual, tendo em vista que esses são valores importantes na dança e o professor precisa servir de modelo para seus alunos. O dançarino deve ser sensível e estar atento às mudanças e tendências que podem ocorrer no circuito artístico nacional e internacional. É de suma importância que o professor de dança saiba lidar com trabalhos em equipe e com situações imprevisíveis. Além disso, o professor deve manifestar interesse sobre todas as etapas de produção do espetáculo, além de habilidades com maquiagem e adereços.

 

Campos de atuação

 

O campo de dança é bastante amplo, tendo em vista a diversidade de gêneros. Na área do ensino, o profissional pode exercer a atividade em escolas, espaços comunitários e academias de dança. O ramo mais conhecido é a atuação em companhias profissionais, que proporcionam a possibilidade de construção de uma carreira sólida, visto que essas instituições investem na profissionalização de seus dançarinos. Contudo, isso não anula a possibilidade de atuação autônoma. Um segmento atrativo é a preparação física e artística de bailarinos que desejam concorrer em concursos.

 

Certificações

 

No que diz respeito a certificações, existe a possibilidade de o bailarino fazer exames de academias profissionais para adquirir títulos de proficiência. Esse tipo de certificado é mais exigido na modalidade do ballet clássico, sendo emitido por algumas companhias internacionais, como a Royal, da Inglaterra e o Ballet Bolshoi, da Rússia, por exemplo. Esse tipo de diploma é válido no mundo inteiro, além de ser um diferencial no currículo.