Já tem cadastro? Entre aqui

  • BUSCAR
Busca avançada de vagas

Limpar campos

Vigilante

O VIGILANTE observa com atenção as dependências e áreas públicas ou privadas com a finalidade de prevenir, controlar e combater delitos. Zela pela segurança das pessoas, do patrimônio e pelo cumprimento das leis e regulamentos. Pode escoltar pessoas e mercadorias, controlar objetos e cargas. Comunica-se via rádio ou telefone e presta informações ao público e aos órgãos competentes.

+ ver mais
4 anúncios encontrados VER: Detalhes | Lista
 

Vigia (1 vaga)

Publicado em 10/06/2015
Atuará com atividades pertinentes a função. Disponibilidade de horário. Atuará na zona Sul. Leia mais sobre o anúncio
Empresa:
CIRO CONTABILIDADE
Cidade:
  • RIO DE JANEIRO/RJ (1)
 

Vigia (1 vaga)

Publicado em 02/06/2015
Necessário curso de Vigilante, brigada de incendio e primeiros socorros. Irá controlar o fluxo de pessoas e veículos nas dependências e áreas da instituição, zelar pela segurança das pessoas e do patrimônio e pelo cumprimento das leis e regulamentos, recepcionar e controlar a movimentação de pessoas em área de acesso livre e restrito, comunicar-se via rádio ou telefone, operar equipamentos de vigilância eletrônica e prestar informações ao público. Leia mais sobre o anúncio
Empresa:
EDIFICIO THE CAPITAL FLAT
Cidade:
  • SAO PAULO/SP (1)
 

Vigia noturno (2 vagas)

Publicado em 25/05/2015
Ensino fundamental. Experiência na função. Será responsável por vigiar a loja e fazer ronda interna. Disponibilidade de horário. Leia mais sobre o anúncio
Empresa:
Confidencial
Cidade:
  • MOGI DAS CRUZES/SP (1)
  • SAO PAULO/SP (1)
 

Segurança (1 vaga)

Publicado em 06/10/2014
Ensino médio completo. Ter experiência como capitão porteiro ou segurança. Fará parte de boas vindas ao cliente, irá recepcionar os clientes e fazer a segurança do hotel. Leia mais sobre o anúncio
Empresa:
ETOILE HOTELS
Cidade:
  • SAO PAULO/SP (1)
 

Vigilante

Sinônimos:

  • Segurança
  • Agente patrimonial
  • Agente de segurança
  • Vigilante patrimonial
  • Vigilante condutor
  • Vigilante de escolta
  • Vigia noturno
  • Vigia

Sempre se guiando pelas Leis e regulamentos, o vigilante está inserido no ramo da segurança privada, sendo considerado uma força auxiliar. É responsável pela proteção e fiscalização de patrimônios e pessoas, pela prevenção, pelo combate de delitos e pelo controle da circulação de pessoas em áreas de acesso livre ou restrito.

 

Graduação necessária

 

Para exercer a profissão, o vigilante deverá possuir certificado expedido por curso de formação de vigilantes reconhecido pela Polícia Militar, não sendo necessária escolaridade acima da 4ª série do Ensino Fundamental para a realização do mesmo.

 

Regulamentação da Carreira

A profissão de vigilante ainda não é regulamentada, mas há uma série de Leis e Portarias regulamentadoras da contratação do serviço de vigilância, por exemplo, a Lei nº 7.102, de 20 de junho de 1983, estipula os requisitos para o exercício da profissão de vigilante: ser brasileiro; ter idade mínima de 21 (vinte e um) anos; ter instrução correspondente à quarta série do primeiro grau; ter sido aprovado, em curso de formação de vigilante, realizado em estabelecimento com funcionamento autorizado nos termos desta lei; ter sido aprovado em exame de saúde física, mental e psicotécnico; não ter antecedentes criminais registrados; e estar quite com as obrigações eleitorais e militares.

Especializações Possíveis

Alguns dos cursos existentes para a formação desse profissional oferecem especializações em áreas como: escolta armada, segurança pessoal privada, transporte de valores e segurança bancária.

Aptidões desejáveis

O vigilante deve apresentar excelente condicionamento físico, ser calmo, paciente, observador, saber lidar com o público e ter reações rápidas.

Campos de atuação

O vigilante atua na segurança de eventos, bancos, empresas, aeroportos, órgãos públicos, condomínios fechados, instituições de ensino, prisões, parques e reservas florestais (podendo agir na extinção de pequenos incêndios), portos, estabelecimentos comerciais, entre outros. Ou seja, em qualquer lugar onde haja grande circulação de pessoas ou cargas. O mercado de trabalho é bastante diversificado e apresenta sempre novas oportunidades, mas a falta de regulamentação ainda é um problema, havendo mais vigilantes clandestinos do que legalizados no mercado.

Certificações

Não há certificações necessárias ao Vigilante.

Lara Bastos de Medeiros.