Não tem cadastro? Clique aqui!

Já tem cadastro? Entre aqui

  • BUSCAR
Busca avançada de vagas

Limpar campos

Operador de câmera

O OPERADOR DE CÂMERA maneja câmera, ajustando-a e movimentando-a segundo as características do tema enfocado, para gravar ou transmitir reportagens, novelas, acontecimentos esportivos, apresentações dramáticas e outros tipos de espetáculos.

+ ver mais

No momento não temos vagas disponíveis para esta profissão.

Realize uma nova busca ou navegue pelas áreas de atuação abaixo.

Operador de câmera

Sinônimos:

  • Cameraman

É responsável pelo manejo de uma câmera, movimentando-a de acordo com o objeto focado. A profissão exige que o operador tenha grandes habilidades com a utilização da câmera, pois é necessário conhecer os aspectos técnicos, como o enfoque, para que se faça uma captura com excelência. Frequentemente o operador de câmera tem sido confundido com o cinegrafista, contudo é importante sabe que o operador é responsável por atividades de gravação em estúdio sob a orientação de um diretor de imagem, enquanto que o cinegrafista é voltado pra área de cinema, podendo gravar em áreas externas e não necessita de supervisão.

 

Graduação necessária

 

A atuação como operador possui critérios que variam muito de acordo com a empresa ou pessoa contratante. Algumas vezes, é desejável que o profissional tenha ensino superior em Cinema e Vídeo ou em áreas de comunicação afins. Mas, existem cursos técnicos profissionalizantes de formação de operadores de câmera que são bem aceitos pelo mercado de trabalho. A experiência na área e cursos extras no setor de editoração e fotografia constituem um diferencial no momento da contratação. Algumas faculdades oferecem extensões universitárias na área de operador de câmera.

 

Regulamentação da Carreira

 

O decreto 84.134, de 30 de outubro de 1979, regulamenta a lei 6.615, de 16 de dezembro de 1978, que prevê a regulação do exercício da profissão. É necessário que o profissional realize o registro na Delegacia Regional de Trabalho de onde atua e a sindicalização junto ao Sindicato de Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversão (Sated).

 

Especializações Possíveis

 

Não há especializações necessárias ao Operador de Câmera.

 

Aptidões desejáveis

 

O operador deve estabelecer uma comunicação através da imagem que está filmando, portanto é preciso ter criatividade. Outras habilidades desejáveis são noções de fotografia e iluminação, além de firmeza na locomoção da câmera, evitando tremores na captura da imagem. Com a atualização constante do setor digital, o profissional precisar estar atento as novidades e se capacitar com frequência.

 

Campos de atuação

 

O profissional da área pode trabalhar em estúdios fechados, como os de televisão, na filmagem de telejornais e outros programas televisivos. Outra área que ele pode atuar é como videomaker, realizando atividades de produção de vídeos em eventos, como casamentos, formaturas e aniversários. O videomaker é um profissional independente, portanto deve ser responsabilizado por suas produções e administrar suas atividades. Juntamente, com o crescimento da tecnologia digital, tem crescido a demanda por operadores competentes que estejam atualizados e capazes de trabalhar com as inovações do mercado.

 

Cerificações

 

Não há certificações necessárias ao Operador de Câmera.