Não tem cadastro? Clique aqui!

Já tem cadastro? Entre aqui

  • BUSCAR
Busca avançada de vagas

Limpar campos

Médico nefrologista

O MÉDICO NEFROLOGISTA realiza consultas e atendimentos médicos; trata pacientes; implementa ações de prevenção de doenças e promoção da saúde tanto individuais quanto coletivas; coordena programas e serviços em saúde, efetua perícias, auditorias e sindicâncias médicas; elabora documentos e difunde conhecimentos da área médica. Diagnostica e trata as afecções do sistema nefrourinário, fazendo exame clínico no paciente e orientando a realização dos exames subsidiários, para recuperar-lhe a saúde.

+ ver mais

No momento não temos vagas disponíveis para esta profissão.

Realize uma nova busca ou navegue pelas áreas de atuação abaixo.

Médico nefrologista

O Médico Nefrologista é o profissional da área de saúde especializado em enfermidades e no tratamento de doenças renais. Trata pacientes, promove ações de prevenção da saúde, coordena programas de saúde e efetua perícias, auditorias e sindicâncias na área médica. Também é responsável pela difusão do conhecimento na área de saúde, através de palestras, aulas ou cursos.

 

Graduação Necessária

 

Para exercer a profissão de Médico Nefrologista, o profissional deve possuir Ensino Superior Completo em Medicina, tendo realizado a sua residência médica na área de Nefrologia. Esse curso superior possui duração média de oito anos, sendo seis anos de curso regular e dois anos de residência médica. No curso, os estudantes lidam com matérias como Anatomia, Bioquímica e Epidemiologia e, nos dois últimos anos, passam a ter plantões supervisionados, para que possam escolher a área na qual cursarão a residência.

 

Regulamentação da Carreira

 

A prática médica no Brasil é regulamentada pela Lei N° 3.268 de 30 de Setembro de 1957 e pelo Decreto nº 44.045, de 19 de julho de 1958, que dispõem sobre a criação dos Conselhos Federal e Regional de Medicina, nos quais os médicos precisam ser registrados para poderem atuar legalmente. Além disso, a Resolução Nº 1.772/2005 do Conselho Federal de Medicina, publicada em 14 de agosto de 2005 no Diário Oficial, trata do exercício da medicina por médicos que tenham Título de Especialista ou Certificado na Área de Atuação e requer que estes obtenham o Certificado de Atualização Profissional.

 

Especializações Possíveis

 

Dentro da Nefrologia, o profissional pode se especializar em uma subárea, como a da hemodiálise ou em uma doença desse tipo, como diabetes, lúpus, insuficiência renal. Nessas pós-graduações, o médico tem maior contato com as formas de contágio e de tratamento da doença, capacitando-se ainda mais a prescrever tratamentos na área.

 

Aptidões Desejadas

 

É fundamental para o Médico Nefrologista, bem como para os demais profissionais da área de saúde, ter um bom relacionamento interpessoal e saber lidar com os pacientes, buscando ser sempre atencioso, cuidadoso e paciente. Além disso, deve estar em constante atualização, pesquisando sempre sobre os novos métodos de tratamento e as novas enfermidades que são descobertas. Ter o domínio de um idioma estrangeiro também ajuda no exercício da profissão.

 

Campos de Atuação

 

O profissional que atua como Médico Nefrologista pode trabalhar em hospitais e clínicas, públicos ou privados, no atendimento regular, no atendimento de emergência e também na área administrativa. Pode ainda atuar em empresas de perícia e inspeção de saúde, bem como atender aos pacientes em consultório próprio. Na área acadêmica, pode dar aula em instituições de ensino superior ou, por conta própria, organizar palestras, cursos ou workshops.

 

Certificações

 

O Médico Nefrologista pode obter o Título de Especialista na área de atuação através de exame de suficiência promovido pela Sociedade Brasileira de Nefrologia. Para poder prestar o exame, o candidato deve comprovar sua formação em medicina, seu registro no Conselho Regional de Medicina e especialização em Nefrologia através de residência médica de, no mínimo, dois anos.