Já tem cadastro? Entre aqui

  • BUSCAR
Busca avançada de vagas

Limpar campos

Enfermeiro do trabalho

O ENFERMEIRO DO TRABALHO estuda as condições de segurança e periculosidade da empresa, efetuando observações nos locais de trabalho, para identificar as necessidades no campo da segurança, higiene e melhoria do trabalho. Executa e avalia programas de prevenções de acidentes e de doenças profissionais ou não-profissionais, fazendo análise da fadiga, dos fatores de insalubridade, dos riscos e das condições de trabalho, para propiciar a preservação de integridade física e mental do trabalhador.

+ ver mais

No momento não temos vagas disponíveis para esta profissão.

Realize uma nova busca ou navegue pelas áreas de atuação abaixo.

Enfermeiro do trabalho

O profissional de enfermagem do trabalho tem formação Técnica em Enfermagem e atuará, em empresas públicas e privadas ou em órgãos oficiais, executando atividades na área de engenharia de segurança e medicina do trabalho, e integrando equipes de estudo, para propiciar a preservação da saúde e valorização do trabalhador. O Especialista Técnico em Enfermagem do Trabalho dominará o contexto legal da sua prática profissional, informando e orientando pessoas sobre os riscos de doenças ocupacionais e profissionais existentes e apresentando meios, técnicas e treinamentos adequados à prevenção e controle.

 

Graduação necessária

 

A especialização ou pós-graduação em Enfermagem do Trabalho pressupõe a graduação em Enfermagem, que tem duração de quatro anos. Essa especialização tem a duração média de 500 horas, e varia de seis meses a um ano. A especialização conta hoje com cursos presenciais e cursos de ensino a distância, ambos validados pela ANENT (Associação Nacional de Enfermagem no Trabalho)

 

Regulamentação da Carreira

 

O enfermeiro do trabalho é um profissional em nível de 3º grau, que deve ser classificado pelo COFEN no Quadro III - Lei 7.498/86 e Decreto nº 94.406 e portador do Certificado de Estudos Complementares de Enfermagem do Trabalho. Além disso, este profissional deve estar enquadrado nos serviços especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho, através da Portaria nº 06 do DSST, de 12/06/90, Art. 1º, subitem 4.4.1, alínea d.

 

Especializações Possíveis

 

Não há especializações necessárias para Enfermeiro do Trabalho

 

Aptidões desejáveis

 

Dentre as aptidões necessárias para um Enfermeiro do Trabalho estão: Organização, destreza manual, autocontrole, sensibilidade, flexibilidade, observação, capacidade de trabalho em equipe e responsabilidade.

 

Campos de atuação

 

Após a sua formação, o profissional de Enfermagem do Trabalho pode estudar as condições de segurança e periculosidade da empresa; fazer levantamentos de doenças profissionais e lesões traumáticas, coletar dados estatísticos de morbidade e mortalidade de trabalhadores, investigando possíveis relações com as atividades funcionais, para obter a continuidade operacional e o aumento da produtividade; executar e avaliar programas de prevenção de acidentes e de doenças profissionais e não profissionais, prestar primeiros socorros no local de trabalho; elaborar e executar as atividades de assistência de enfermagem aos trabalhadores, proporcionando-lhes atendimento ambulatorial, no local de trabalho, controlando sinais vitais, aplicando medicamentos prescritos, curativos, inalações e testes, coletando material para exame laboratorial, vacinações e outros tratamentos; treinar trabalhadores, instruindo-os sobre o uso de roupas e material adequado ao tipo de trabalho, para reduzir a incidência de acidentes; planejar e executar programas de educação sanitária; registrar dados estatísticos de acidentes e doenças profissionais. E exercer essas atividades em subáreas mais específicas como indústrias, empresas, escolas, hospitais, centros de pesquisa, gerenciamento e auditoria.

 

Certificações

 

Não há certificações necessárias para Enfermeiro do Trabalho.