Não tem cadastro? Clique aqui!

Já tem cadastro? Entre aqui

  • BUSCAR
Busca avançada de vagas

Limpar campos

11/09/2014 - 15h39

Coaching: o serviço que ajuda funcionários e empresas

Da redação Emprego Certo

Quem busca uma rápida ascensão no mercado de trabalho pode encontrar ajuda no coaching. Muitas empresas já entenderam isso. Prova é que o número de alunos no Instituto Brasileiro de Coaching cresceu mais de 400% em pouco mais de dois anos.

É comum ouvirmos profissionais reclamarem que não gostam dos seus trabalhos. Mas também é possível encontrar muitas pessoas que não sabem como aproveitar suas habilidades profissionalmente. Com uma mudança constante e imprevisível no mundo corporativo, muitos empresários bem sucedidos já não têm mais a certeza se conseguirão se manter no topo. Não basta ter no currículo um curso superior reconhecido, um MBA e experiência no exterior, se você não souber usar suas virtudes da melhor maneira possível. E aqui que entra o coaching.

Resumidamente, ele potencializa todos os seus conhecimentos para atingir determinadas metas. Por isso, sessões de coaching são aconselhadas em qualquer etapa da carreira profissional. Mesmo para quem esteja desempregado no momento. Durante as sessões, a pessoa receberá ajuda de como aperfeiçoar seu currículo e sua carta de apresentação. E o mais importante, os encontros semanais diminuem a ansiedade do candidato.

Entenda melhor por que as características do coaching e por que as empresas estão procurando cada vez mais o serviço:

Coaching x Psicoterapia

Primeiramente, é preciso desmentir a confusão que muitas pessoas fazem. Coaching não é o mesmo que psicoterapia. O coaching trabalha apenas com o presente e o futuro. Ele apenas oferece ao cliente soluções e oportunidades para crescer, não investigando traumas e as causas do problema. Aqui, as respostas aparecem muito mais rápido na vida das pessoas do que no processo de terapia convencional.

Investimento necessário

Geralmente, uma equipe olha para o seu líder como a pessoa que tem a resposta para todos os problemas. Além de isso não ser verdade, quando o líder se sente obrigado a encontrar todas as soluções, ele perde tempo para pensar na parte estratégica da empresa e sua equipe não evolui. Aí que o coaching se faz necessário para qualquer profissional, do funcionário mais operacional até o diretor do departamento. Isso porque o coaching vai desenvolver a capacidade de aprendizado e mostrar quais são as competências e obrigações de cada um.

Duração do processo

Embora seja o paciente que defina a quantidade de encontros, engana-se quem pensa que uma sessão de coaching será suficiente para mudar. A média é de dez sessões, com um ou dois encontros semanais. Em cada sessão, o cliente traça objetivos a serem alcançados. A evolução é medida no próximo encontro.

ver mais dicas

Destaques

Currículo
Cuidado na sua redação
Carreira
A Escolha da Profissão
Sabe a diferença?
Recolocação, Outplacement , Headhunting e Coaching
Colunas
Daniela do LagoDaniela do Lago
Cezar TegonCezar Tegon
Eugenio MussakEugenio Mussak
Elaine SaadElaine Saad
Gutemberg de MacêdoGutemberg de Macêdo
Judith BritoJudith Brito
Licia Egger MoellwaldLicia Egger Moellwald
Luiz PagnezLuiz Pagnez
Boletim
Receba por e-mail o boletim do Emprego Certo

É necessário informar um e-mail