Não tem cadastro? Clique aqui!

Já tem cadastro? Entre aqui

  • BUSCAR
Busca avançada de vagas

Limpar campos

12/03/2014 - 15h45

Diferença entre fenômeno e regra

Nos últimos anos quase todos os livros de autoajuda sabatinam com a mensagem de que você é a pessoa mais especial da face da terra. Claro que este tipo de mensagem tem seu fundo positivo e verdadeiro, afinal cada ser humano que habita o planeta terra carrega em si algo que o torna único e por isso especial. No entanto, observo pela amostra de muitos e-mails que recebi, somente nas últimas semanas, que algumas pessoas tem confundido este tipo de mensagem e estão deixando de cuidar das regras básicas para uma vida melhor por acreditarem que são “fenômenos”.

 

Vamos colocar os “pingos nos is”, fenômeno é aquilo que acontece uma vez na vida, raridade. A regra é aquilo que pode estabelecer um padrão, procedimento e forma de acontecer, vou citar alguns exemplos desta diferença:

 

Pode ser que você ganhe na megasena? Claro que sim, mas se acontecer será um fenômeno na sua vida e não regra.

Pode ser que o banco cometa um erro e perdoe sua dívida? Claro que sim, fenômeno na certa.

Pense bem, quais são as chances? Não sei com você, mas comigo o banco já errou algumas vezes, todos os erros com cobranças acima do valor real que deveria pagar nunca o contrário.

Pode ser que alguém se candidate a CIPA na empresa para defender um ideal e abra mão da estabilidade no emprego. Sim! Mas se acontecer será um fenômeno e não regra.

Pode ser que seu chefe tenha ataque cardíaco e morra hoje e imediatamente você seja promovido para ficar no lugar dele? Sim, pode ser que aconteça, mas quais são as chances?

Pode ser que você dance até o chão na velocidade 5 na festa da empresa e não tenha sua imagem profissional arranhada? Claro que pode, mas se isso acontecer será fenômeno e não regra.

 

O que quero dizer é que não podemos pautar nossas vidas somente a espera de um fenômeno. Não que algo raro não possa acontecer com você, não me entenda mal, mas se ficar paralisado aguardando que só um fenômeno aconteça e mude toda sua vida não será muito produtivo.

 

Focar e seguir agindo “na regra” não te prejudicará se um fenômeno acontecer em sua vida, já o contrário tenho minhas dúvidas. Então vamos relembrar algumas regras essenciais básicas para uma vida de plena satisfação:

 

A regra é muito simples, para ter vida bem sucedida você terá que estudar sempre. Estou para ver uma situação em que o estudo não ajuda. Já conheceu alguma pessoa dizer que se arrepende de ser tão inteligente? Já viu um nerd arrependido?

 

Outra regra básica é gastar menos do que ganha. Pura matemática! Para juntar dinheiro tem que ter disciplina para guardar uma parte e ficar atento para desfrutar de uma vida compatível com seus ganhos. A questão do merecimento não entra nesta regra do jogo do dinheiro, afinal todos merecem uma vida abundante e de acesso. Neste caso para desfrutar de boa reserva de dinheiro, provável que tenha que fazer alguns sacrifícios, principalmente no inicio. Quanto antes começar melhor.

 

Se um fenômeno não acontecer em sua vida, sim terá que trabalhar. Isso envolve fazer coisas que gosta e outras tarefas que “tem que” fazer, ou seja, tarefas chatas que você não gosta. Quanto mais no inicio da carreira estiver, mais “tenho ques” terá que lidar, a medida que comprova com seus resultados positivos o quão bom você é, mais tarefas que gosta farão parte do seu cotidiano. Mais uma vez, quanto antes começar melhor. Segundo minha experiência profissional, essa é a regra, qualquer coisa diferente disso é fenômeno!

 

Então pare de “inhe inhe inhe” e “mimimi” na empresa e mãos a obra!

 

Sei que seu filho é o mais inteligente e merecedor do mundo, mas seu vizinho pensa o mesmo sobre filho dele. Existem 7 bilhões de pessoas na face da terra, por que somente você deveria ter uma vida mais fácil que qualquer outra pessoa? Não me parece muito proveitoso aguardar que o mundo mude para se ajustar as suas necessidades.

 

Talvez minhas palavras podem parecer cruéis demais, mas meu papel como coach não é dizer somente o que gosta de ouvir e sim mostrar que a realidade é o que é, e não o que você gostaria que ela fosse.

 

Pense bem, seguir na regra vai te prejudicar em quê?

Já temos pessoas demais que escrevem “bla bla blas” para que se sinta melhor com uma vida limitada de escolhas erradas. Se isso te conforta, então pode ser que você escolha não fazer nada e só fique aguardando um fenômeno em sua vida, correndo o risco de nunca acontecer. Como sempre a escolha é sua.

 

Muitas pessoas te mostram caminhos, mas a caminhada quem faz é você.  

ver mais dicas

Destaques

Currículo
Cuidado na sua redação
Carreira
A Escolha da Profissão
Sabe a diferença?
Recolocação, Outplacement , Headhunting e Coaching
Colunas
Daniela do LagoDaniela do Lago
Cezar TegonCezar Tegon
Eugenio MussakEugenio Mussak
Elaine SaadElaine Saad
Gutemberg de MacêdoGutemberg de Macêdo
Judith BritoJudith Brito
Licia Egger MoellwaldLicia Egger Moellwald
Luiz PagnezLuiz Pagnez
Boletim
Receba por e-mail o boletim do Emprego Certo

É necessário informar um e-mail