Não tem cadastro? Clique aqui!

Já tem cadastro? Entre aqui

  • BUSCAR
Busca avançada de vagas

Limpar campos

29/05/2013 - 12h23

5 dicas para render trabalhando de casa

Da redação Emprego Certo

Horários flexíveis, redução de gastos com transporte e evitar o deslocamento entre casa e trabalho são alguns dos atrativos do home office, cada vez mais adotado pelas empresas como uma forma de reter bons funcionários ao oferecê-los melhor qualidade de vida.
 

Mas trabalhar em casa também tem seus pontos negativos. “A própria indisciplina da pessoa, tentar conciliar outros tipos de trabalho e ficar isolado da cultura da empresa são alguns dos problemas. E tem o famoso 'já que', quando a família pede para a pessoa fazer coisas que não faria se estivesse no escritório. 'Já que você está aqui, pode fazer isso por mim?'", explica Irene Azevedo, diretora de negócios da consultoria LHH|DBM.

 

Portanto, para aproveitar a oportunidade do home office sem perder a eficiência, Irene dá cinco dicas de como manter o foco e contornar os percalços de se trabalhar em casa:
 

1. Estabeleça um local apenas de trabalho

"O maior problema é encontrar um lugar privativo para ser como se a pessoa estivesse no escritório", aponta. O ideal é ter um local dedicado ao trabalho, para que o espaço pessoal e o profissional fiquem bem delimitados. Com essa diferença clara, é mais fácil evitar distrações e fazer com que a família respeite o momento do trabalho.

 

2. Crie uma rotina com horários rígidos

O home office exige disciplina do profissional. Por um lado, ele pode se perder com as possíveis distrações como família, televisão e outras formas de lazer. Mas, por outro, acaba trabalhando muito mais do que se estivesse no escritório, ou assumindo outras tarefas que podem prejudicar seu desempenho. O expediente é a melhor maneira de fixar tanto um horário de foco e concentração, como a hora de parar de trabalhar e se dedicar a outras atividades.

 

3. Pense como se estivesse indo trabalhar

"Psicologicamente falando, o fato de você se vestir, se arrumar e se sentar para começar a trabalhar dá outro sentido ao trabalho. A pessoa tem que pensar como se estivesse indo ao escritório, e ali ela vai ficar trabalhando como se estivesse fora de casa. Essa é a melhor dica", diz Irene.

 

4. Alinhe expectativas com a família

Quando não se mora sozinho, pode ser complicado conciliar o trabalho com a vida pessoal. Neste momento, é importante investir na comunicação. "Isso tem que estar muito claro na família. Quando a pessoa chega para trabalhar em casa, não explica e vai levando, vira uma bola de neve", alerta. Ou seja, é importante explicar como a estrutura de trabalho será diferente, dizer o que se espera dela, combinar horários e pedir para que sejam cumpridos. Além disso, quem tem crianças precisa encontrar uma atividade para ocupar os filhos durante o expediente. "Tem que botar limite, estabelecer expectativas dentro de casa. Esse vai ser o mais difícil; só conversando mesmo."


5. Seja o mais presente possível na empresa

É muito importante não se deixar ser esquecido pela corporação, pois a visibilidade e os relacionamentos também são fator de peso no trabalho. Além de manter contato por meio de ligações, E-mails e redes sociais, a dica é almoçar de vez em quando com as pessoas do trabalho e visitar a empresa de tempos em tempos. "Ele tem que se tratar como se fosse um produto. Esse produto tem que estar na mente e no coração do consumidor. Tem que arranjar mecanismos pra estar presente, para se conectar com as pessoas da organização".

ver mais dicas

Destaques

Currículo
Cuidado na sua redação
Carreira
A Escolha da Profissão
Sabe a diferença?
Recolocação, Outplacement , Headhunting e Coaching
Colunas
Daniela do LagoDaniela do Lago
Cezar TegonCezar Tegon
Eugenio MussakEugenio Mussak
Elaine SaadElaine Saad
Gutemberg de MacêdoGutemberg de Macêdo
Judith BritoJudith Brito
Licia Egger MoellwaldLicia Egger Moellwald
Luiz PagnezLuiz Pagnez
Boletim
Receba por e-mail o boletim do Emprego Certo

É necessário informar um e-mail