Não tem cadastro? Clique aqui!

Já tem cadastro? Entre aqui

  • BUSCAR
Busca avançada de vagas

Limpar campos

20/03/2013 - 17h47

Um toque de diplomacia pode ajudar a fazer negócios

Conta a lenda que certa vez o embaixador Paulo Tarso Flecha de Lima, em Londres, recebeu um grupo da Arábia Saudita para uma jornada de difícil negociação.

 

Depois de dois dias exaustivos, a conversa não tinha dado nenhum passo para um desfecho favorável para o Brasil. Até que a embaixatriz brasileira sugeriu que o marido convidasse a delegação para um jantar informal no dia seguinte.

 

Dizem as más línguas, que o conversê foi animado, falou-se de tudo menos de negócios. Ao final do jantar, todos despediram-se satisfeitos com a noite e no dia seguinte, quando retornaram ao trabalho, todas as pendências foram resolvidas e os acordos assinados em menos de duas horas.

 

Os chineses e os árabes são mestres nisso, primeiro vem a conversa em torno de uma mesa, depois se fecha negócio.

 

Moral da história, quando você precisar fechar um negócio, dependendo das circunstâncias, é melhor deixar de lado temporariamente os interesses comerciais e voltar a ser só uma pessoa que tem interesse em saber sobre a outra. De modo geral, esse processo dá certo.

 

Por isso, que é preciso treinar a Competência Social. Saber falar, conversar e entreter as pessoas é mais do que nunca um ponto positivo para quem precisa abrir mercados e fechar negócios.

 

Às vezes, uma boa conversa aproxima, cria empatia e torna os relacionamentos entre as pessoas muito mais fácil. Pense nisso!

ver mais dicas

Destaques

Currículo
Cuidado na sua redação
Carreira
A Escolha da Profissão
Sabe a diferença?
Recolocação, Outplacement , Headhunting e Coaching
Colunas
Daniela do LagoDaniela do Lago
Cezar TegonCezar Tegon
Eugenio MussakEugenio Mussak
Elaine SaadElaine Saad
Gutemberg de MacêdoGutemberg de Macêdo
Judith BritoJudith Brito
Licia Egger MoellwaldLicia Egger Moellwald
Luiz PagnezLuiz Pagnez
Boletim
Receba por e-mail o boletim do Emprego Certo

É necessário informar um e-mail