Não tem cadastro? Clique aqui!

Já tem cadastro? Entre aqui

  • BUSCAR
Busca avançada de vagas

Limpar campos

09/10/2012 - 11h52

As três perguntas de ouro para quem busca a vaga dos sonhos

Como fazer um currículo bem feito? Como se comportar em uma entrevista? O que fazer em uma dinâmica de grupo? Estas são as três perguntas de ouro para quem busca uma vaga ideal. Como sabemos, qualquer mínimo erro em uma destas etapas costuma sair caro e perder a oportunidade dos sonhos é uma tragédia.

 

Como fazer um currículo bem feito

Você precisa entender que embalagens ruins não vendem. E a embalagem de uma pessoa é o seu currículo. Ao incluir o currículo nos sites de empregos ou da empresa, fique atento:

  1. Preencha todos os campos com atenção, capriche na redação e na escolha das palavras: um bom vocabulário faz toda diferença. Não tenha "preguiça" de incluir todos os dados solicitados no momento do cadastro de seu currículo. Se você não teve disposição e energia para preencher de maneira completa algo simples, o selecionador não vai perder tempo com você.
  2. Informe sua formação de maneira detalhada, mas não seja repetitivo.
  3. Jamais minta, não exagere, mas não se subestime.
  4. Inclua todas as experiências que você teve, mesmo aquelas fora do ambiente corporativo ou sem remuneração (voluntárias). Conhecimento é um diferencial importante na hora ser avaliado.
  5. As buscas por candidatos se dão por palavras chaves, então explique suas experiências de forma clara e utilize o jargão da área. Por exemplo, se a sua experiência é comercial, tenha certeza de que seu currículo inclua palavras como “comercial”, “vendas”, “clientes”, "resultados" e outras que sejam específicas do mercado que você atua ou pretende atuar.
  6. Coloque uma boa foto, que mostre bem o rosto, com uma expressão aberta e positiva, mas sem exageros. As mulheres devem enviar uma foto recatada, sem decotes, evitando exposição desnecessária do corpo. Lembre-se de que é muito provável que seu currículo seja analisado por outra mulher.
  7. Inclua um vídeo currículo. Esta é uma boa forma de ter 2 ou 3 minutos de "proximidade" com o selecionador.
  8. Visite sempre os sites das empresas em que você cadastrou seu currículo e se inscreva em todas as vagas de seu interesse. Os selecionadores iniciam suas pesquisas de candidatos primeiramente pelos inscritos na vaga.

 

Como devo me comportar em uma entrevista

  1. O entrevistador fará perguntas específicas sobre a empresa e seu negócio e será um grande diferencial se ele sentir que você sabe sobre o assunto. Para obter informações sobre a empresa visite o site, veja a área institucional, seus principais negócios, as últimas notícias, sua cultura, forma de atuação, clientes e fornecedores.
  2. Visite as redes sociais da empresa, lá você identificará a forma como ela se comunica com seu público e conhecerá um pouco sobre sua cultura. Curta a página, acompanhe as publicações da empresa em sites como Facebook, Linkedin e Twitter.
  3. Leia as notícias divulgadas sobre a empresa, segmento e concorrentes.
  4. Revisite o seu currículo e tudo que informou: você só chegou na entrevista porque as informações do currículo estão próximas ou de acordo com o perfil desejado pela empresa. Isso significa que a entrevista terá como ponto inicial as informações do currículo.
  5. Fique à vontade diante do seu entrevistador. Um bom exercício, que ajuda a ter mais tranquilidade, é mentalizar as informações no currículo e falar "com você mesmo" sobre elas. Construa um roteiro do que será falado, sempre com base no seu currículo, ou seja, pense em seus objetivos profissionais, formação e experiência, seus pontos fortes e debilidades entre outros.
  6. Olhe, sempre, diretamente, para os olhos de seu entrevistador. Ele sente mais segurança quando você fala olhando nos olhos dele.
  7. Mantenha uma postura confiante. Já ouviu a expressão "o corpo fala"? Pois é, ficar "largado" na cadeira pode passar um tom de desleixo. Lembre-se de que você está em uma entrevista e está sendo avaliado de maneira ampla, cada detalhe faz a diferença.
  8. A roupa é outro item fundamental. Procure saber a cultura da empresa e vá de maneira a não ficar diferente dos outros. Se na empresa a cultura é usar terno e gravata, vá assim; se for mais casual, tire o terno e a gravata. Caso tenha dúvidas, siga esta regra: se a empresa for uma instituição financeira ou com atuação na área jurídica, vá de terno e gravata. Se a empresa for de outro segmento, os homens podem dispensar a gravata. Uma calça e camisa sociais serão suficientes. Para as mulheres, use roupa social e evite extravagâncias com acessórios.  Não exagere na maquiagem.

 

O que fazer em uma dinâmica de grupo

  1. Reestude, detalhadamente, o negócio da empresa e o segmento em que ela atua e seus fornecedores e concorrentes. Na dinâmica estes assuntos podem ser abordados, por isso sugiro que:

- Visite o site da empresa.

- Visite as redes sociais da empresa e de seus fornecedores e concorrentes.

- Leia notícias e informações divulgadas sobre a empresa nos últimos anos.

- Procure notícias detalhadas sobre o segmento e tendências para os próximos anos.

  1. Vá vestido adequadamente. Você já participou de entrevistas e viu como as pessoas da empresa se vestem, portanto siga essa linha. É importante se destacar na dinâmica, mas pelo seu conhecimento e participação. Não pague o mico de se destacar a ponto de ser um ponto de referência: "fiquem perto do cara de camisa laranja com bolinhas pretas". Algumas dinâmicas exigem liberdade de ação, por isso as mulheres devem evitar saias curtas.
  2. Chegue no horário. Atrasar pode ser o fim do processo para você. Principalmente em grandes cidades, a desculpa de que pegou trânsito não funciona mais.
  3. Fique atento às instruções iniciais. Por ansiedade você pode deixar de ler e entender as instruções e isso pode ser fatal na dinâmica de grupo.
  4. Seja participativo, mas não chato. Participar e dar opiniões é fundamental, mas lembre-se que você está em um grupo, portanto, fale e ouça os outros também. Pondere outras opiniões, faça contrapontos, mas nunca corte a fala dos outros. Ouça até o fim o que os outros têm a dizer (mesmo que na sua visão seja uma grande bobagem), para somente então emitir sua opinião ou seu contraponto. Cuidado: a ansiedade pode fazer você não ouvir e entender o que os outros estão dizendo, portanto escute tudo com atenção.
  5. Tente esquecer seus observadores. Se você conseguir "mergulhar" no grupo e esquecer que está sendo observado, com certeza agirá mais naturalmente e seu desempenho será melhor.
  6. A forma como você se comunica e expressa sua opinião está sendo fortemente avaliada, portanto cuidado com o vocabulário, evite gírias, erros de pronúncia e, principalmente, palavrões.

 

ver mais dicas

Destaques

Currículo
Cuidado na sua redação
Carreira
A Escolha da Profissão
Sabe a diferença?
Recolocação, Outplacement , Headhunting e Coaching
Colunas
Daniela do LagoDaniela do Lago
Cezar TegonCezar Tegon
Eugenio MussakEugenio Mussak
Elaine SaadElaine Saad
Gutemberg de MacêdoGutemberg de Macêdo
Judith BritoJudith Brito
Licia Egger MoellwaldLicia Egger Moellwald
Luiz PagnezLuiz Pagnez
Boletim
Receba por e-mail o boletim do Emprego Certo

É necessário informar um e-mail