Não tem cadastro? Clique aqui!

Já tem cadastro? Entre aqui

  • BUSCAR
Busca avançada de vagas

Limpar campos

03/05/2012 - 09h00

Como ler livros: o guia clássico para a leitura inteligente

Pesquisa recente conduzida pelo IBOPE Inteligência por encomenda do Instituto Pró-Livro revela dados decepcionantes e preocupantes sobre o hábito de leitura dos brasileiros – eles estão lendo cada vez menos – 4 livros em média por ano.

 

Essa é uma taxa de leitura inferior até mesmo a de alguns vizinhos Sul-americanos como o Chile (média de 5,4) e Argentina (4,6).

 

Face a essa triste realidade e a fim de incentivar a leitura, recomendarei bons livros a cada quinze dias para meus leitores.

 

Para fazer de maneira correta, consistente e consciente, desejo começar sugerindo a leitura do livro – “Como Ler Livros – O Guia Clássico para a Leitura Inteligente” dos autores Mortimer J. Adler, filósofo, professor e teórico da educação norte-americano e Charles Van Doren, historiador, vencedor do Pulitzer na categoria biografia e professor adjunto da Universidade de Connecticut, EUA.

 

Publicado originalmente em 1940, tornou-se um fenômeno raro, um verdadeiro clássico em seu gênero. O livro aborda os vários níveis de leitura e mostra como atingi-los – da leitura elementar à leitura rápida: livros práticos, literatura imaginativa, leitura de narrativas, peças e poemas, história, ciências e de matemáticas, filosofia e ciência sociais.

 

Segundo seus autores, “O livro almeja não apenas leitores, mas todos aqueles que desejam se tornar leitores”. Foi escrito especialmente para leitores de livros. No entanto, o público alvo não são as pessoas que desejam apenas ler, mas as pessoas que desejam crescer intelectualmente enquanto lêem.

 

O padre A.-D. Sertillanges (1863-1948), na obra A Vida Intelectual, estabelece quatro modalidades de leitura: Para ser um pouco mais preciso, eu distingo quatro espécies de leitura. Lê-se para ter uma formação e ser alguém; lê-se em vista de uma tarefa; lê-se como treinamento para o trabalho e para o bem. Lê-se por ser uma distração. Há leituras fundamentais, leituras ocasionais, leituras de treinamento ou edificantes, leituras relaxantes.

 

Qualquer que seja a sua escolha de leitura, faça a com disciplina e desejo de ser um melhor profissional, uma vez que a leitura faz do homem um ser completo e é um dos caminhos para a originalidade.

 

ver mais dicas

Destaques

Currículo
Cuidado na sua redação
Carreira
A Escolha da Profissão
Sabe a diferença?
Recolocação, Outplacement , Headhunting e Coaching
Colunas
Daniela do LagoDaniela do Lago
Cezar TegonCezar Tegon
Eugenio MussakEugenio Mussak
Elaine SaadElaine Saad
Gutemberg de MacêdoGutemberg de Macêdo
Judith BritoJudith Brito
Licia Egger MoellwaldLicia Egger Moellwald
Luiz PagnezLuiz Pagnez
Boletim
Receba por e-mail o boletim do Emprego Certo

É necessário informar um e-mail