Não tem cadastro? Clique aqui!

Já tem cadastro? Entre aqui

  • BUSCAR
Busca avançada de vagas

Limpar campos

05/04/2012 - 15h47

Etiqueta no trabalho colegas desorganizados

Conviver com pessoas de diferentes personalidades e todos os dias não é uma tarefa fácil.  Por mais profissional  que e alguém seja, é impossível, porém, não levar em conta os aspectos emocionais envolvidos nos relacionamentos.

 

Quem nunca conheceu alguém chato e  insuportável no seu trabalho? Há pessoas que vivem para atazanar nossa vida.  Quando você olha pra pessoa o primeiro e único pensamento que lhe vem à cabeça é: fugir e evitar qualquer contato.

 

Os motivos para tornar uma pessoa desagradável podem ser vários: É o chefe mal-humorado que reclama de tudo e de todos; O colega de trabalho que espalha fofocas por onde passa; É aquele que adora fazer gracinhas nas horas mais impróprias;  É aquele que fala demais, que adora falar alto ou passar o dia fazendo brincadeiras e contando piadas; É aquele que mantem uma caixa de som ligada num programa inadequado;  Aquele que abusa de palavrões e de obscenidades;  É aquele que faz perguntas íntimas. "Ele acredita que é super amigo dos colegas e pergunta sobre o relacionamento deles, a situação financeira, etc.;   É aquele que não cuida da aparencia e higiene pessoal ou outros tipos de atitudes que fogem à etiqueta profissional.

Se o seu colega é insuportável o que você deve fazer?

Descubra se os outros estão enfrentando o mesmo problema com a pessoa.  Converse com os colegas mais próximos de sua confiança sobre o assunto e descubra se eles também têm notado tal comportamento nesta pessoa. Comece investigando o que lhe incomoda:  atitudes, postura, manias, forma de pensar?

Depois, pondere a respeito do seguinte: é uma simples implicância de sua parte, ou está, realmente, refletindo na qualidade de seu trabalho?

Se sim, de um feedback a essa pessoa e diga o que te incomoda em particular, ela pode estar fazendo isso  involuntariamente. Tenha cuidado para não falar quando você estiver irritado, frustrado ou suas emoções não estiverem em seu controle total. Informe a pessoa sobre os possíveis resultados ruins de suas ações.

Deixe ela saber que suas ações terão um impacto negativo sobre sua carreira, reputação no escritório e nos resultados gerais da empresa. Se mesmo assim a pessoa não mudar, leve a questão para seu superior ou com o responsável pelo RH,  argumentando que o rendimento da equipe está sendo prejudicado por essa situação.  Aponte, com exemplos de situações concretas, o quanto o comportamento da pessoa em questão está influenciando na sua produtividade.

E se a pessoa a qual você tem queixa é seu chefe ? Mesmo nesse caso, também vale a pena conversar com a pessoa em questão. Uma relação profissional deve ser pautada pela maturidade para dar e receber feedback.  Todavia, se perceber que não há espaço para apontar críticas ou elogios, e por mais difícil que seja a recolocação em determinadas áreas,  é o momento de procurar outra oportunidade. Ninguém deve se sentir desrespeitado ou humilhado em função de outros.

Existe tambem o outro lado da questão. Como saber se sou alguém insuportável?


Observe se as pessoas estão se afastando de você. Quando você chega na roda de conversa o pessoal começa ir embora? Você convida alguém pra almoçar com você e a pessoa não quer ir? As pessoas estão te evitando ou fazendo piadinhas sobre seu jeito de ser? Se isto está acontecendo pergunte-se: será que estou causando mal estar nas pessoas, estou sendo inconviniente, estou com mau hálito, falo alto demais? porque as pessoas estão se afastando de mim?

Algumas dicas para quem não quer ser alguém mau visto pelos outros:

- Fale corretamente
- Cuide da aparência e higiene pessoal
- Evite fofocas. Se alguém contar algo não repasse pra frente.
- Siga regras de etiqueta vigente na empresa, mesmo que não concorde. Essas sao as regras do jogo válidas no seu ambiente de trabalho.
- Fique atento aos sinais que as outras pessoas enviam a você, que muitas vezes podem querer expressar informações tais como: "se manca!" ou "não gosto disso!"
- Respeite o lugar do outro. Não invada a privacidade alheia.
- Trate os outros como gostaria de ser tratado.

- Você "ama" o ringtone do seu celular? Mas isso não significa que, no trabalho, seus colegas devam adorar aquele toque "especial" do seu celular, que dispara quando você está distante da sua mesa.
-  O ambiente não é só seu: Suponha que você divide sua mesa com um outro colega que trabalha no turno da noite. Acha justo deixar sua mesa repleta de objetos pessoais ou "amuletos" do seu time de futebol? A idéia é respeitar o espaço, que não é só seu.
- Da mesma forma, muito cuidado com perfumes fortes ou com aquela mania de manter sempre em sua mesa um incenso aceso para purificar o ambiente. Você gosta do cheiro, outros nem tanto!

- Fique esperto com seus “tiques”, como Batucada na mesa;? Pulseiras batendo insistentemente na mesa enquanto digita; Cantarolar enquanto trabalha; Ficar se mexendo na cadeira giratória enquanto conversa durante a reunião, etc...

Cuidado! Suas pequenas manias podem prejudicar sua imagem na empresa . Controle-se e capriche. Se cada um fizer sua parte, a convivência no trabalho se torna muito mais agradável.

Quer saber mais? Acesse minha coluna no Uol empregos.

ver mais dicas

Destaques

Currículo
Cuidado na sua redação
Carreira
A Escolha da Profissão
Sabe a diferença?
Recolocação, Outplacement , Headhunting e Coaching
Colunas
Daniela do LagoDaniela do Lago
Cezar TegonCezar Tegon
Eugenio MussakEugenio Mussak
Elaine SaadElaine Saad
Gutemberg de MacêdoGutemberg de Macêdo
Judith BritoJudith Brito
Licia Egger MoellwaldLicia Egger Moellwald
Luiz PagnezLuiz Pagnez
Boletim
Receba por e-mail o boletim do Emprego Certo

É necessário informar um e-mail