Não tem cadastro? Clique aqui!

Já tem cadastro? Entre aqui

  • BUSCAR
Busca avançada de vagas

Limpar campos

06/12/2010 - 12h45

Salve o seu emprego em 2011

O Brasil registrou, em 2010, um dos seus mais baixos índices de desemprego, 6.5 %. Esse é um dado de valor inestimável, visto que ele significa, entre outras coisas, o crescente e robusto desenvolvimento do país. Durante décadas, o crescimento sócio-econômico do país foi vegetativo ou simplesmente pífio. O país não gerava novas oportunidades de emprego em número suficiente para os seus cidadãos.

 

Esse foi um período triste de nossa história e esperamos que ele não se repita nunca mais. Os empresários e os executivos de carreira anunciavam demissões em massa, fábricas eram fechadas e milhares de trabalhadores perambulavam pelas ruas e avenidas à procura de emprego. Como resposta, eles ouviam: “não temos vagas,” “não estamos contratando ninguém,” “não podemos receber o seu currículo,” entre tantas outras declarações que minavam a autoconfiança dos profissionais.

 

Acompanhei essa realidade de perto em razão de meu ofício – assessorar executivos em transição de carreira. Vi-os chorar copiosamente. Ouvi-os falar sobre os compromissos financeiros que não podiam saldar a tristeza que sentiam de ter de transferir os filhos da escola particular para a pública, escutei-os falar sobre sua grande decepção com o superior imediato e a empresa as quais serviram durante anos. Escutei-os dissertar sobre os problemas no seio familiar em decorrência do prolongado período de desemprego.

 

Mas, quero frisar também que a despeito de toda a decepção, sofrimento e dor experimentados por esses profissionais, aconselhei inúmeros outros que se mostraram valentes e conscientes de seu momento. Eles encararam a demissão como uma oportunidade ímpar da vida para se renovarem em tudo – física, mental, psicoemocional, social, familiar e espiritualmente. Poderia denominá-los de Fênix Corporativas.

 

À luz dessa realidade, quero chamar a atenção de todos os meus leitores para um assunto bem específico e que certamente o interessará – Como salvar o seu emprego em 2011? 

 

O motivo?  Nenhum profissional nos dias atuais tem garantia de emprego por melhor que seja a situação econômica do país e de sua empresa.

 

Inúmeros outros fatores podem determinar a sua demissão: fusão, aquisição, transferência de planta industrial para outra região do país ou para o exterior, baixo nível de desempenho, políticas governamentais equivocadas, entre tantos outros.

 

Portanto, é preciso que o leitor empreenda esforços a fim de manter o seu emprego em 2011.

 

Eis algumas das medidas sugeridas:

1 - Invista em seu autodesenvolvimento continuamente e amplie o leque de suas habilidades pessoais – comunicação, liderança, planejamento estratégico, formação de equipes de alto desempenho, inteligência cultural, etc.

 

2 - Mantenha-se atualizado em seu campo de trabalho e em seu segmento mercadológico. Leia e se informe sobre tudo.  Além disso, observe o surgimento de novos segmentos, avalie suas competências e não descarte as oportunidades que porventura apareçam ao longo de 2011.

 

3 - Aprenda com a adversidade e os próprios erros. Se você não aprender com eles, poderá repeti-los. Confúcio, filósofo chinês, 551-479 a.C., Colóquios, disse: “A maior glória do homem não está em não cair nunca, mas em levantar-se sempre depois de uma queda.”

 

4 - Cuidado com as suas atitudes. Elas dizem muito a seu respeito. Lembre-se também que todas as pessoas ao seu redor estão lhe avaliando a cada segundo. Portanto, não macule a sua imagem e reputação. Seja prudente.

 

5 - Faça o seu trabalho com paixão. Se o fizer, jamais terá de trabalhar. Ninguém, absolutamente ninguém, avança na carreira e na vida se não tiver uma grande paixão ou sonho. Sublime o seu trabalho.

 

6 - Apóie o seu chefe em tudo e lembre-se que o seu valor para ele é o de sua utilidade. Esse é um principio valioso na condução de sua carreira.

 

7 - Jamais adie as coisas que tem de fazer hoje. Não existe coisa pior para um profissional e a sua carreira do que procrastinar. As suas consequências são fatais. Afinal, o caminho do preguiçoso é cercado de espinhos.

 

8 - Desenvolva sua inteligência cultural, uma vez que você vive em mundo globalizado e competirá com profissionais do mundo inteiro. A sua empresa necessita de cada grama de sua inteligência.

 

9 - Procure manter uma vida sincronizada. Faça exercícios diariamente. Alimente-se e descanse bem. Supra seu cérebro com boas informações – estude, pesquisa, leia, converse com pessoas cultas e viaje para lugares diferentes. Cultive o bom humor e um espírito jovem. Busque a Deus em todos os instantes de sua vida na forma que o concebe. Ame, ame e ame.

 

10 - Defenda os interesses de sua empresa. Cuide da sua imagem e da sua reputação no mercado – clientes, fornecedores, credores etc. E tome muito cuidado para não usar os recursos financeiros dos acionistas em seu próprio benefício. Os relatórios de despesas podem ser demolidores de sua carreira e de seu futuro.

 

Caro leitor, não seja displicente, procrastinador, acomodado, desinformado, desleal e desonesto.  Salve o seu emprego em 2011.  

ver mais dicas

Destaques

Currículo
Cuidado na sua redação
Carreira
A Escolha da Profissão
Sabe a diferença?
Recolocação, Outplacement , Headhunting e Coaching
Colunas
Daniela do LagoDaniela do Lago
Cezar TegonCezar Tegon
Eugenio MussakEugenio Mussak
Elaine SaadElaine Saad
Gutemberg de MacêdoGutemberg de Macêdo
Judith BritoJudith Brito
Licia Egger MoellwaldLicia Egger Moellwald
Luiz PagnezLuiz Pagnez
Boletim
Receba por e-mail o boletim do Emprego Certo

É necessário informar um e-mail