Já tem cadastro? Entre aqui

  • BUSCAR
Busca avançada de vagas

Limpar campos

28/09/2010 - 19h14

Dividir o quarto com colegas de trabalho exige cuidados especiais

É cada vez mais comum que empresas deem treinamentos para seus funcionários fora da cidade. Consideram que as viagens, além de ajudarem no desempenho, também colaboram para a interação entre as equipes e criam vínculos importantes para o dia a dia dos profissionais.

Com isso, estadias em hotéis, muitas vezes dividindo o quarto com algum colega de trabalho, passaram a ser comuns. Difícil dizer se isso é bom ou ruim, de qualquer forma, dependendo de com quem se compartilha o espaço, pode ser motivo de muita confusão e desentendimento.

Isso porque, além de dividir o quarto, as pessoas envolvidas passam a dividir também a vida privada. Seguramente, estes são momentos delicados e que exigem muito cuidado com a forma como cada um se comporta.

Dividir significa ficar com menos do que se tinha e isso vale também para o que acontece num quarto de hotel. Coisas como roncar podem ser motivo de chacota, se levado a público por um companheiro de quarto maldoso.

Assim, também como os bagunceiros de plantão, os insones e os barulhentos ficam à mercê dos olhos e das críticas dos companheiros de trabalho.

Por isso, quando necessário, é preciso fazer um esforço extra para mudar temporariamente alguns hábitos e evitar ficar mal falado ou se desentender com o colega de trabalho. Veja algumas dicas:




  • Quem ronca ou tem alguma mania que pode incomodar o companheiro temporário deve avisar para que a empresa providencie acomodação separada ou, pelo menos, procure entre os participantes do evento alguém que não acorde fácil.


  • Lembrar que bagunça e roupas jogadas no chão não podem acontecer quando se divide o quarto com um colega de trabalho. Guardar tudo antes de ir deitar é uma maneira de mostrar consideração.


  • Escova e pasta de dente jogadas na pia, toalhas largadas no chão e privada com a descarga sem puxar não devem fazer parte do final de semana.


  • Televisão ligada enquanto o outro tenta adormecer não é gentil nem prudente.


  • Andar nu pelo quarto pode ser muito inconveniente.



Lembre-se: compartilhar ocasionalmente o quarto com alguém, diferente dos relacionamentos íntimos, requer atenção redobrada, sacrifícios de ambas as partes e muito respeito.

ver mais dicas

Destaques

Currículo
Cuidado na sua redação
Carreira
A Escolha da Profissão
Sabe a diferença?
Recolocação, Outplacement , Headhunting e Coaching
Colunas
Daniela do LagoDaniela do Lago
Cezar TegonCezar Tegon
Eugenio MussakEugenio Mussak
Elaine SaadElaine Saad
Gutemberg de MacêdoGutemberg de Macêdo
Judith BritoJudith Brito
Licia Egger MoellwaldLicia Egger Moellwald
Luiz PagnezLuiz Pagnez
Boletim
Receba por e-mail o boletim do Emprego Certo

É necessário informar um e-mail