Não tem cadastro? Clique aqui!

Já tem cadastro? Entre aqui

  • BUSCAR
Busca avançada de vagas

Limpar campos

22/03/2010 - 09h00

Demissão - O medo de ser visto (temporariamente) em casa pelos vizinhos

Não raro, encontro profissionais que escondem ou procuram esconder a demissão de seus vizinhos, por razões muitas vezes compreensíveis, porém errôneas. Eles não compreendem que a sua visibilidade é de extrema valia em qualquer circunstância ou momento da vida. Afinal, como pode receber ajuda de um vizinho, se não noticia com clareza o fato de sua demissão? Comportar-se assim é como desejar piscar para uma jovem em uma sala escura de cinema. Ele sabe o que estar fazendo, mas ela não. Em outras palavras, "quem te compra é quem te vê".

Recentemente, um executivo demitido de importante banco nacional foi abordado por um vizinho que observou que ele permanecia em casa e tinha mudado seu horário de caminhada. Esse o perguntou: o que está acontecendo com você? Observo que não sai para o trabalho. Você está de férias? O executivo, ao ouvir a pergunta, timidamente respondeu: "Não. Fui demitido do banco após 18 anos de trabalho". O vizinho, diretor de outra conhecida instituição financeira, indagou: "Você precisa de ajuda? Você tem um currículo preparado que eu possa entregar ao meu vice-presidente? Acredito que ele precise de um profissional com a sua experiência".

Passados alguns dias, o executivo recebeu um chamado do vice-presidente que desejava conhecê-lo. A entrevista foi marcada. Posteriormente, novas entrevistas aconteceram. E o mais surpreendente, ele foi contratado pelo banco.

Nos dias atuais, a demissão não é desterro. O demitido jamais deveria entrar em pânico pelo simples fato de ser visto em casa todos os dias por seus vizinhos. As razões são bem claras:

1) você não deve dar satisfação de sua vida pessoal a quem quer que seja;
2) não é seu vizinho quem paga suas contas;
3) a demissão é um episódio que, em princípio, afeta apenas você e sua família. Portanto, não diz respeito a seus vizinhos.

Que pesem essas verdades, o profissional não tem motivos para se esconder. Muito pelo contrário, ele precisa aparecer e fazer o marketing de sua carreira e experiência profissional. Há uma expressão extraída do Sermão da Montanha, pregado há mais de dois milênios que diz: "Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder a cidade edificada sobre um monte. Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras".

Esopo, escravo grego que viveu no VI Século a.C., conta em uma de suas fábulas que uma corça perseguida por caçadores chegou à entrada de uma gruta, onde estava um leão. Com medo, ela entrou para se esconder. Quando estava sendo atacada pelas garras e os dentes da fera, ela disse: "Triste destino o meu. Tentei fugir dos homens e terminei nas garras de um animal selvagem". Moral da história: às vezes, o medo de um perigo pequeno termina nos levando a um perigo maior. Não tema seus vizinhos e não se esconda em sua própria casa.

Antes, tema a você mesmo. Saia e mostre sua face. Afinal, quem se interessa por você é quem o vê. Se o demitido precisar da aprovação dos vizinhos, equivale a dizer - suas opiniões a meu respeito são mais importantes do que a minha. Se a empresa na qual você trabalhou não lhe proporcionar um serviço de Outplacement, por meio de uma empresa que lhe ofereça toda uma infraestrutura administrativa - escritório, secretária, internet, jornais, telefone, fax, office-boy, etc - como a oferecida pela Gutemberg Consultores, tome as seguintes providências:

- Defina com sua família seu espaço de trabalho em casa. Certifique-se de que todos - esposa e filhos - entendem que esse espaço lhe pertence e que você não pode ficar sendo interrompido a cada instante.

- Estabeleça seu horário de trabalho e cumpra-o religiosamente. Não se esqueça de comunicar a seus amigos, ex-fornecedores, ex-clientes, credores, sobre os horários nos quais eles poderão contatá-lo e encontrá-lo.

- Se possível, tenha duas linhas telefônicas em casa: uma para a família e outra para os negócios.

- Vista-se e comporte-se como se estivesse em seu escritório. Não fique de pijamas e não deixe de se barbear diariamente.

- Faça suas ligações pela manhã e, quando possível, as entrevistas à tarde. Retorne todas as ligações recebidas no prazo de vinte e quatro horas. Seja educado e cortês.

Caro leitor, seja sábio na gestão e condução de sua prospecção por novo posto de trabalho. Quanto mais você conversar com pessoas de seu círculo de amizade, melhor para você. Todos os desempregados do mundo retardam a sua contratação porque se isolam. Isolar-se é extremamente sedutor porque você não necessita se expor e nem ouvir em determinados instantes a palavra "Não" - "Não temos oportunidades no momento"; "Não posso ajudá-lo no momento, por mais que deseje", entre outras frases.

Minha recomendação: Saia de seu forte. Vá à procura de seus sonhos. Aproxime-se e cerque-se de pessoas que podem ajudá-lo nesse momento. Quanto maior for o seu número, melhor para você.
 

ver mais dicas

Destaques

Currículo
Cuidado na sua redação
Carreira
A Escolha da Profissão
Sabe a diferença?
Recolocação, Outplacement , Headhunting e Coaching
Colunas
Daniela do LagoDaniela do Lago
Cezar TegonCezar Tegon
Eugenio MussakEugenio Mussak
Elaine SaadElaine Saad
Gutemberg de MacêdoGutemberg de Macêdo
Judith BritoJudith Brito
Licia Egger MoellwaldLicia Egger Moellwald
Luiz PagnezLuiz Pagnez
Boletim
Receba por e-mail o boletim do Emprego Certo

É necessário informar um e-mail