Não tem cadastro? Clique aqui!

Já tem cadastro? Entre aqui

  • BUSCAR
Busca avançada de vagas

Limpar campos

25/01/2010 - 10h15

Entrevista em aeroporto - que comportamento adotar

Nos dias atuais, é muito comum profissionais serem convidados para entrevista em lugares inusitados como aeroportos, restaurantes, cafés, lobbies de hotéis, shopping centers, entre outros. Essa prática tem motivos bem definidos - o entrevistador quer maximizar seu tempo e torná-lo mais produtivo. Afinal, não há tempo a perder. O tempo é fator estratégico.

Nessa ocasião, muitas questões de natureza prática povoam a mente dos candidatos a uma entrevista de emprego: qual é a melhor estratégia de comunicação a ser usada, que roupa vestir, que postura adotar etc.

Sabemos por experiência, leitura e pesquisa que cada ambiente exige um tipo diferente de conduta por parte dos candidatos. Portanto, aqueles que não souberem observar a etiqueta dos negócios nesses momentos, fatalmente sofrerão revezes - eles serão preteridos nos processos seletivos.

Quais são as armadilhas das entrevistas conduzidas em locais inusitados?

>> Circulação de pessoas diferentes e com objetos distintos - negócio, turismo, transferência para outro país, etc.
>> Barulho - pessoas conversando em voz alta, alto-falantes que anunciam a partida e a chegada de vôos, música, etc.
>> Situação diferente do dia a dia corporativo.
>> A perda do anonimato. Você pode ser surpreendido por um colega de sua empresa. (Há salas VIPs nos aeroportos - sugira o seu uso)

A entrevista em aeroporto exige cuidados distintos:
Apresentando-se ao entrevistador

  • Chegue na hora combinada - nem muito cedo e nem tarde demais. Entretanto, se eventualmente chegar muito cedo, procure um lugar confortável e leia um bom livro de negócio. Se perceber que chegará atrasado para o compromisso, avise imediatamente ao entrevistador. Se puder, faça um reconhecimento do lugar, a fim de obter o domínio do ambiente.
  • Apresente-se elegantemente bem vestido ao entrevistador e projete uma imagem de sucesso. Os primeiros minutos da entrevista são os mais importantes. Portanto, todo o cuidado é pouco. Lembre-se das máximas que dizem: "A primeira impressão é a que fica" e "In order to be successful, you must first appear so" - François de La Rochefoucauld, escritor francês, (1613-1680)".
  • Mostrar-se elegante é antes de tudo assumir atitudes educadas: seu andar, o aperto de mãos e o olhar no olhar do outro. A sua imagem profissional emite os sinais de bom gosto, adequação e assertividade no mundo corporativo.
  • Tenha em mãos o seu cartão de visita, currículo impecável, referências profissionais, referências pessoais e um bom livro ou revista para leitura.

 

A condução da entrevista

  • A entrevista deve ser tratada como um evento qualquer e não como algo inusitado - isso demonstra flexibilidade. Assuntos importantes podem hoje ser discutidos até mesmo em um encontro inesperado. Mas, cuidado com o que você fala. As paredes têm ouvidos!
  • Conduza a entrevista com segurança. A sua voz revela mais do que o ouvido é capaz de registrar. Portanto, cuidado com o timbre, o volume, a entonação de sua voz e a velocidade de suas palavras. Evite o uso de jargões em sua comunicação. Eles podem sinalizar a pobreza de seu vocabulário. O bom comunicador pesa e avalia cada palavra que utiliza em seu discurso de "venda".

 

Aqui, convêm lembrá-lo as palavras de Emily Post, na edição de seu Livro Etiqueta: "A conversa ideal deve ser um intercâmbio de idéias e não, como muitos acreditam, uma eloquente exibição de saber ou oratória".

 

  • Fique atento a sua linguagem corporal por ocasião da entrevista. Relaxar em poltrona de sala de aeroporto ou cadeira de restaurante pode ser percebido como um ato de desrespeito, cansaço ou mesmo de preguiça; balançar as pernas ou cruzar as pernas a todo instante, pode significar insegurança e medo. Por outro lado, cuidado para que seus olhos não se movimentem para os lados o tempo todo, à medida que as pessoas passam ao seu redor.
  • Não se alongue demais em seus comentários ou respostas, de modo a pressionar seu entrevistador pelo tempo - ele tem vôo marcado. Portanto, não sacrifique o conteúdo de sua entrevista. Seja breve!

 

Certa vez, ouvi a história de um executivo que perdeu uma grande oportunidade de emprego simplesmente porque aparentou estar mais interessado em ver quem passava ao seu redor - mulheres - do que em ouvir o que o entrevistador tinha a dizer. Incomodado com o comportamento do executivo, o entrevistador terminou a entrevista e o censurou pelo seu comportamento inadequado. Infelizmente, isso ocorre com grande frequência em determinados ambientes.


Portanto, caro leitor, foque a entrevista e não se distraia com quem passa ao seu redor. Esse é um pecado imperdoável. Se o local escolhido para a entrevista foi o restaurante do aeroporto, procure ser gentil com o garçom. Se um executivo é grosso e desrespeitoso no tratamento de um garçom, ele é pior ainda no ambiente de trabalho. Nunca se esqueça disso.


Término da entrevista

  • Ao concluir a entrevista, agradeça ao entrevistador pela oportunidade e se despeça de maneira efusiva.

  • Nunca saia da entrevista sem ter em mãos o cartão de visita do entrevistador por uma simples e boa razão: você deve enviar uma carta de agradecimento 72 horas após a entrevista renovando seus agradecimentos e seu interesse na posição.


Caro leitor, no processo seletivo você é avaliado a cada fração de segundos. Portanto, cuidado para não ficar "nu diante do Rei".

ver mais dicas

Destaques

Currículo
Cuidado na sua redação
Carreira
A Escolha da Profissão
Sabe a diferença?
Recolocação, Outplacement , Headhunting e Coaching
Colunas
Daniela do LagoDaniela do Lago
Cezar TegonCezar Tegon
Eugenio MussakEugenio Mussak
Elaine SaadElaine Saad
Gutemberg de MacêdoGutemberg de Macêdo
Judith BritoJudith Brito
Licia Egger MoellwaldLicia Egger Moellwald
Luiz PagnezLuiz Pagnez
Boletim
Receba por e-mail o boletim do Emprego Certo

É necessário informar um e-mail