Não tem cadastro? Clique aqui!

Já tem cadastro? Entre aqui

  • BUSCAR
Busca avançada de vagas

Limpar campos

08/05/2009 - 19h35

Responsabilidade e bom humor podem andar juntos no ambiente de trabalho

Viviane Macedo
Em São Paulo
Competências essenciais, realmente, já não bastam para um mercado de trabalho que se mostra cada vez mais competitivo. Entram em questão agora habilidades de relacionamento e convivência para, além de produtivo, o profissional ser capaz de construir um ambiente agradável. Transformar o local de trabalho num espaço prazeroso pode ser um dos segredos da realização na carreira, afinal, quem gosta de ficar de 8 a doze horas por dia num ambiente carregado e sério? Para tudo há limites.

Marisa da SilvaBom humor não faz mal para ninguém, pelo contrário, sorrir, ser gentil e ter boas relações com os colegas de trabalho só contribuem para um clima amistoso, que parece transformar a responsabilidade que o ambiente corporativo exige em algo mais leve. "O bem humorado costuma ter um olhar positivo, otimista, o que quebra o estresse intenso do dia a dia, e esse otimismo reflete nas pessoas", afirma a consultora da Career Center, Marisa da Silva.

Diferente daquela imagem estereotipada do engraçado incontrolável, o profissional bem humorado não é e nem pode ser o contador de piadas, afinal o ambiente de trabalho não é lugar para isso. O bom humor, aqui, é colocado como a forma menos pesada de encarar o trabalho e os problemas. "Ele consegue passar as coisas de uma maneira agradável, sorri, ouve as pessoas de forma aberta. Não é porque a discussão é sobre um problema que o grupo vai entrar num combate. Ter equilíbrio nesses momentos é muito importante", garante a consultora da Luandre, Francine Silva.

Essa receptividade e o equilíbrio, até mesmo diante de problemas, pode ser um diferencial competitivo para o profissional. "Algumas empresas durante o recrutamento colocam essa habilidade como necessária para a vaga, sem dúvidas, ela já se tornou importante para o mercado de trabalho", completa Marisa.


Responsável e bem humorado
Francine SilvaAs consultoras afirmam que ainda hoje há quem confunda responsabilidade com mal humor. Para mostrarem-se sérios e produtivos, alguns apostam em posturas fechadas e "de poucos amigos", mas, segundo elas, isso não prova competência. "É possível e existem muitos profissionais sérios, responsáveis que levam a vida e o trabalho com bom humor, com mais leveza", afirma Francine.

Segundo ela, esse equívoco não acontece apenas com profissionais, muitas empresas ainda têm um olhar distorcido. "Um ambiente para passar seriedade não precisa ser mal humorado, sem alegria. Algumas empresas ainda confundem essas duas coisas e perdem muito com isso", completa.

Marisa conta que esse clima tenso é, em muitos casos, criado pelo próprio dono, que constrói um ambiente desconfortável na organização. "Muitas vezes, ele é o primeiro a tratar as pessoas mal, ser pouco gentil. Então, infelizmente, essa relação acaba sendo estendida entre os funcionários. E até nisso o bem humorado ganha, porque ele consegue, na medida do possível, não encarar essa postura como pessoal", afirma.


Sorria mais
Para alguns, ter uma postura carismática não é uma tarefa fácil, mas nada que não possa ser melhorado com o tempo. Então, a dica é começar com um entusiasmado "bom dia" ao chegar e o simples e fácil ato de sorrir mais. "Sabendo respeitar os limites do ambiente de trabalho, o profissional só tem a ganhar com uma postura bem humorada", finaliza Marisa.

LEIA TAMBÉM:
Competências essenciais não são mais suficientes, afirma Eugenio Mussak
Estresse: não caia em suas armadilhas
Você é resiliente? Descubra e desenvolva essa competência



ver mais dicas

Destaques

Currículo
Cuidado na sua redação
Carreira
A Escolha da Profissão
Sabe a diferença?
Recolocação, Outplacement , Headhunting e Coaching
Colunas
Daniela do LagoDaniela do Lago
Cezar TegonCezar Tegon
Eugenio MussakEugenio Mussak
Elaine SaadElaine Saad
Gutemberg de MacêdoGutemberg de Macêdo
Judith BritoJudith Brito
Licia Egger MoellwaldLicia Egger Moellwald
Luiz PagnezLuiz Pagnez
Boletim
Receba por e-mail o boletim do Emprego Certo

É necessário informar um e-mail