Não tem cadastro? Clique aqui!

Já tem cadastro? Entre aqui

  • BUSCAR
Busca avançada de vagas

Limpar campos

13/01/2009 - 13h12

Em busca do emprego certo

Viviane Macedo
Em São Paulo
Ano novo, desejos renovados. É assim que muita gente começa 2009, querendo mudar aquilo que não foi bom no ano que passou. E para muitos, a primeira mudança vai ser de emprego. Mas, essa decisão não é tão simples quanto parece e requer muito planejamento e reflexão, afinal de nada adianta apenas mudar de emprego, é preciso ter objetivos traçados e saber o que espera de uma nova oportunidade profissional, para aí sim sair em busca do emprego certo. Mas, afinal, existe um emprego ideal? Para a consultora da DBM, Irene Azevedo, não. "Não existe emprego ideal, porque não existem empresas e nem colaboradores perfeitos.

Mas existem, sim, empregos nos quais o profissional se sente melhor e mais realizado, pois combina com seus valores e missão de vida", afirma Irene. A consultora acredita que o mais apropriado seja mudar de emprego quando todas as alternativas já tenham se esgotado. "Não recomendo que o profissional mude de emprego por mudar, aconselho que essa decisão seja tomada apenas quando não houver mais possibilidade nenhuma de crescimento e desenvolvimento, o que nem sempre está atrelado a salário, mas, muitas vezes, a relacionamentos e desenvolvimento pessoal", aconselha.


Traçando objetivos
Sem objetivos muito bem traçados não há como saber onde e nem por qual emprego procurar. O segredo neste momento é entender seus próprios anseios e o que espera para o atual momento da vida. "O profissional tem de entender o que o deixa insatisfeito na empresa em que está, para então saber o que espera de um novo emprego. A insatisfação, geralmente, parte de salário e possibilidades de crescimento, mas, na maioria dos casos, há outros motivos que estão fazendo o profissional infeliz", alerta Maíra Habimorad, diretora de desenvolvimento do Grupo DMRH.

Segundo ela, é preciso entender o seu momento. "O profissional tem de se perguntar: Em que momento eu estou? O que eu quero para a minha vida hoje? É mais tempo, é mais dinheiro, é horário flexível? Dependendo dessas respostas, ele vai descobrir o que, de fato, considera importante e vai saber por onde e como começar a procurar", aconselha Maíra.

Irene alerta para um outro problema recorrente no mercado de trabalho, o relacionamento entre chefe e subordinado, e afirma - é um grande erro mudar de emprego por conta do chefe. "Não se deve fazer isso. Há chefes em todas as empresas e cada um terá uma característica que vai desapontá-lo em determinado momento. Por isso, não adianta tentar sair de uma empresa, porque na seguinte vai encontrar um chefe parecido, igual ou pior do que o atual. As características são muito semelhantes", afirma.


Mãos à obra
Depois de se conhecer melhor e entender o que espera de um novo emprego, é chegada a hora de partir para as buscas, mas nunca esquecendo: esses objetivos devem acompanhá-lo até alcançar a meta de encontrar o emprego certo. "A busca tem de ter coerência com aquilo que o profissional traçou e definiu como prioridade para ele, senão, não fará sentido", lembra Maíra.

Nessa hora, a Internet, os sites de anúncios de empregos, os próprios sites das empresas são grandes aliados do profissional. Além disso, o networking é essencial e pode contribuir grandemente para a conquista de um novo emprego, até mesmo antes do esperado. "É muito importante conversar com colegas, contar quais são os seus objetivos, porque dessa forma, além de conhecer a realidade da carreira, o profissional pode tomar conhecimento de outras empresas que tenham valores alinhados aos que ele busca", afirma Maíra que finaliza com uma boa notícia. "É perfeitamente possível que o profissional encontre um emprego que o satisfaça mais, desde que ele esteja disposto a abrir mão de certas coisas, afinal é impossível ter tudo e, de fato, o perfeito não existe".

LEIA TAMBÉM:
Geração Y - Você faz parte dela?
Estágio: oportunidade de aprender na prática
Escolha da profissão: aptidão ou remuneração?


ver mais dicas

Destaques

Currículo
Cuidado na sua redação
Carreira
A Escolha da Profissão
Sabe a diferença?
Recolocação, Outplacement , Headhunting e Coaching
Colunas
Daniela do LagoDaniela do Lago
Cezar TegonCezar Tegon
Eugenio MussakEugenio Mussak
Elaine SaadElaine Saad
Gutemberg de MacêdoGutemberg de Macêdo
Judith BritoJudith Brito
Licia Egger MoellwaldLicia Egger Moellwald
Luiz PagnezLuiz Pagnez
Boletim
Receba por e-mail o boletim do Emprego Certo

É necessário informar um e-mail